ANADEP dá continuidade à atividades legislativas em Brasília

Article show big 710a6972be2890c4

O diretor para assuntos legislativos da ANADEP, Flávio Wandeck, esteve durante toda a semana em Brasília dialogando com os deputados membros da comissão especial destinada a analisar o PL 6726/2016, que impõe limite aos salários acima do teto constitucional nos Três Poderes. Pelo texto, os rendimentos recebidos não poderão exceder o subsídio mensal, em espécie, dos ministros do Supremo Tribunal Federal, no valor de R$ 33,7 mil. Neste caso, ficam submetidos ao teto: vencimentos, salários, soldos, subsídios, verbas de representação, abonos, prêmios, adicionais, gratificações, horas-extras, auxílios-moradia, entre outras receitas.
 
Wandeck reuniu-se com os deputados Leonardo Monteiro (PT/MG) e Lincoln Portela (PRB/MG) e entregou aos parlamentares nota técnica produzida pela ANADEP sobre o projeto. O documento foca em três pontos principais, como a gratificação por cumulação, substituição e plantões fora do teto, além da indenização integral de férias e licenças indeferidas. 
 
O trabalho de corpo a corpo com os parlamentares continuará na próxima semana. O foco das atividades será o acompanhamento da instalação da Comissão Especial prevista para ocorrer na terça-feira (12). O deputado Rubens Bueno (PPS-PR) está cotado para assumir a relatoria da matéria e Benito Gama (PTB-BA) irá presidir o colegiado.


Fonte: Ascom Anadep
 

Compartilhe:

Outras Notícias

Article show big 146b7b4b96748d11
Article show big 0544d060354b609a
Article show big 19423f3343efcb4b