ANADEP inicia processo para escolha do tema da Campanha Nacional 2019

Article show big 2529b775f337805b

Durante 23 dias (de 18 de setembro até 11 de outubro), a Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos (ANADEP) colheu sugestões para a próxima Campanha Nacional 2019. A escolha final do tema será durante a assembleia geral extraordinária, no dia 29 de novembro, em Belo Horizonte (MG).

Ao todo, a ANADEP recebeu 34 emails, dos quais, foram extraídos um total de oito temas. Entre eles, estão (por ordem alfabética): Direitos das Pessoas com Deficiência; Defensoria Pública e os direitos das mulheres; Atuação da Defensoria Pública na Primeira Infância; Direitos Humanos; Defensoria pública e a questão das drogas; Defensoria Pública e o direito à moradia; Direitos da Pessoa Idosa; e Onde têm crianças e adolescentes vulneráveis a Defensoria Pública deve estar presente para proteção jurídica.

Enviaram sugestões os(as) defensores(as) públicos(as) associados(as) da ANADEP, bem como os presidentes das Associações Estaduais, os Defensores Públicos-Gerais; as Comissões Especiais da ANADEP e os assessores de comunicação das Associações Estaduais e das Defensorias Públicas.

Conforme a diretora de comunicação da Associação, Rivana Ricarte, a escolha do tema para a Campanha Nacional é feita sempre de forma democrática, seguindo as sugestões dos(as) defensores(as) públicos(as). Segundo ela, na capital mineira será feita uma apresentação com dados e a defesa de cada uma das sugestões propostas.

“Nos últimos dez anos, a ANADEP, em parceria com as Associações Estaduais e Defensorias Públicas dos Estados, lança no mês de maio – mês da defensora e do defensor público – a Campanha Nacional. A iniciativa tem por objetivo apresentar aos diversos setores da sociedade (população, parlamentares, imprensa e outros) o papel da Defensoria Pública e o trabalho do defensor(a) público(a) como agente de transformação social. Logo, a escolha do tema é primordial para que o trabalho e a divulgação sejam exitosos”, pontua.

Após a escolha do tema haverá reunião específica com os assessores de comunicação para a definição das estratégias de divulgação.

A partir de maio de 2019 são iniciadas as ações da Campanha, como as atividades de educação em direitos, cursos, mutirões, sessões solenes, audiências públicas no Congresso Nacional e outros.

 

Fonte: Ascom ANADEP

Compartilhe:

Outras Notícias

Article show big 48461430550a6f90
Article show big bda3c6a011a1977f
Article show big de38ae03eaea20e1