ANADEP participa do lançamento oficial do 15º Prêmio Innovare

Article show big d5b5fdc31c9ccb34

O presidente da ANADEP, Antonio Maffezoli, e a vice-presidente, Thaisa Oliveira, participaram na quinta-feira (8/3), no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília, do lançamento da 15ª edição do Prêmio Innovare. As inscrições para o Prêmio já estão abertas e vão até o dia 30 de abril.
 
O ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal Ayres Britto, que preside o conselho  superior do Innovare, aproveitou a data do lançamento para homenagear todas as mulheres pelo seu dia. “As mulheres são exemplos para todos nós e por isso que nós homens devemos aplaudi-las”, declarou Ayres Britto. O ministro agradeceu a participação de todos e deu boas-vindas para mais um ano de Prêmio.
 
As seis categorias desta edição terão tema livre: Tribunal, Juiz, Ministério Público, Defensoria Pública, Advocacia e Justiça e Cidadania. Os interessados em apresentar práticas inovadoras, que beneficiem a Justiça do Brasil, devem acessar o site www.premioinnovare.com.br, conhecer o regulamento e preencher a ficha de inscrição.
 
"A ANADEP vai incentivar toda a categoria a participar do Prêmio Innovare. Temos práticas exitosas de defensoras e defensores de todas as regiões do país. Este, é mais que um prêmio, mas um meio para mostrarmos o trabalho diferenciado da Defensoria Pública", afirma o presidente da ANADEP, Antonio Maffezoli.
 
Além da premiação tradicional, o Innovare dará destaque para um tema bastante atual: Combate à Corrupção. Dentre todas as inscrições recebidas, uma iniciativa que melhor represente os esforços para prevenir, combater ou que se destine a dar transparência ao poder público poderá ser premiada. 
 
A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ministra Carmén Lúcia, falou sobre o tema de destaque. “Precisamos falar desse tema importante. Toda forma de corrupção é uma forma de injustiça que deve ser combatida. A corrupção é inaceitável, e no sistema de justiça é crime. Por isto as práticas são importantes para nos ajudar a combatê-la. Não há Justiça com corrupção”, disse.
 
A comissão julgadora, que escolherá os premiados, será composta por 31 jurados e contará com duas novas convidadas: a procuradora-geral da República, Raquel Dodge; e a cientista política e diretora de Pesquisas Jurídicas do CNJ, Maria Tereza Sadek.
 
Os vencedores de 2018 serão anunciados em dezembro, no STF.
 
Sobre o Prêmio Innovare
 
Lançado em 2004, o Prêmio Innovare este ano realiza a sua 15ª. Edição, dedicado a identificar, divulgar e difundir práticas que contribuam para o aprimoramento da Justiça no Brasil, colaborando para sua modernização e bom funcionamento. A premiação foi criada e é mantida pelo Instituto Innovare, uma associação sem fins lucrativos, com a parceria do Ministério da Justiça e Segurança Pública, da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP), da Associação Nacional dos Defensores Públicos (ANADEP), da Associação dos Juízes Federais do Brasil (AJUFE), do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (ANAMATRA), com o apoio do Grupo Globo.

Fonte: Ascom Anadep

Compartilhe:

Outras Notícias

Article show big 919195e3efee9de1
Article show big fc9864fc6cd7e6b2
Article show big 182a5839b898a4b9