ANADEP toma posse no Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa (CNDI)

Article show big 0850960a9ef0d5bb

O Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa (CNDI) empossou, na quinta-feira, durante solenidade no Ministério dos Direitos Humanos, em Brasília, os novos conselheiros da entidade. Representando a ANADEP, a defensora pública do Distrito Federal Bianca Cobucci Rosiere será a titular do cargo e o defensor público da Bahia João Carlos Gavazza Martins será o suplente. A categoria da Associação Nacional é a defesa de direitos.  Ao todo são 14 membros da sociedade civil que irão compor o colegiado no biênio 2018-2020.

Na ocasião também foram escolhidos os representantes que presidirão o CNDI no período. A presidência será de Lúcia Secoti (coordenadora arquidicocesana da Pastoral da Pessoa Idosa) e a vice-presidência será de Rogério Ulson (secretário nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa).

Durante o encontro, o grupo apresentou o relatório de gestão do biênio anterior (2016-2018) e formou a composição das comissões permanentes do colegiado. 

“A participação da ANADEP no CNDI é de extrema relevância, na medida em que se oportuniza o debate, o planejamento, a implementação e a execução de políticas públicas direcionadas às pessoas idosas”, explica Bianca.

 

O CNDI tem 16 anos de existência e nos últimos 14 anos contou com a participação da ANADEP. O Conselho tem por finalidade elaborar as diretrizes para a formulação e implementação da Política Nacional da Pessoa Idosa, observadas as linhas de ação e as diretrizes conforme dispõe a Lei nº 10.741, de 1º de outubro de 2003 (Estatuto do Idoso), bem como acompanhar e avaliar a sua execução. O CNDI integra a estrutura do Ministério dos Direitos Humanos.

 

Fonte: Ascom ANADEP

Compartilhe:

Outras Notícias

Article show big 3bc3d36d0d612a69
Article show big a6345b6afe0f190d
Article show big 03cd2964f0bf9262