#ANADEPnaMídia: TV Justiça entrevista diretora da ANADEP sobre acesso à saúde

Ela explicou como os defensores públicos atuam para garantir os direitos do cidadão.
Article show big 13ecc198cb454e96

A diretora para assuntos legislativos da ANADEP, Clarice Binda, participou na quarta-feira (19) da 1ª edição do Jornal Justiça, da TV Justiça. A pauta foi o acesso à saúde e a atuação da Defensoria Pública na área.

Na ocasião, Clarice Binda falou sobre a Campanha da ANADEP 2016, que teve como tema "Acesso à Saúde: garantir o seu direito é nosso maior feito. Ela explicou como os defensores públicos atuam para garantir os direitos do cidadão.
 
Clique aqui e assista na íntegra
 
Acesso à Saúde e Defensoria: No Brasil, apenas em 2015, a Defensoria Pública realizou mais de 590 mil atendimentos na área da saúde. No Distrito Federal, os atendimentos no ano passado somam 19 mil. Só neste ano, já foram realizados quase dois mil atendimentos, uma média de 70 por dia. 
 
Já no Rio Grande do Sul, em 2015, 30% das demandas registradas pela Instituição foram relativas à área de saúde, representando 217.594 atendimentos. O estado também é referência na solução extrajudicial dos conflitos, ou seja, quando não há necessidade de se entrar com uma ação para resolver o problema, o que gera economia para os cofres públicos. Isso ocorre porque os defensores orientam tanto os usuários quanto os operadores do sistema de saúde pública, por meio de um trabalho em redes de cooperação. E o resultado é visível: no ano passado, a cada 100 demandas, apenas 12 eram judicializadas.
 
Entre as principais demandas pelo acesso à saúde estão: falta de medicamentos, vaga em UTI, marcação de exames e de cirurgias, tratamento de câncer, fornecimento de fraldas (para idosos e pessoas com alguma deficiência) e suplementos alimentares para dietas especiais.


Fonte: Ascom Anadep
 

Compartilhe:

Outras Notícias

Article show big 3bc3d36d0d612a69
Article show big a6345b6afe0f190d
Article show big 03cd2964f0bf9262