Após acordo de líderes, 2º turno da reforma da Previdência fica para o dia 22 de outubro

Article show big daf26b0c67855ab0

A votação em segundo turno da reforma da Previdência (PEC 06/2019) no Plenário do Senado Federal está prevista para o dia 22 de outubro. O anúncio foi feito após reunião de líderes partidários conduzida pelo vice-presidente do Senado, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG). O calendário inicial previa a finalização em 10 de outubro. 
 
Nesta quinta-feira (10/10), a PEC passou pela primeira das três sessões de discussão em Plenário, antes da votação definitiva em segundo turno.
 
Entre os motivos para o atraso da votação está a falta de acordo com os partidos de oposição para quebra de interstício (prazo de 5 sessões entre a votação em primeiro turno e em segundo) para apreciar a matéria. Há também falta de consenso entre os parlamentares sobre as regras de divisão dos recursos do pré-sal.
 
De acordo com a senadora Simone Tebet (MDB-MS), presidente da Comissão de Constituição e Justiça, mesmo ficando para ser concluída no dia 22, a reforma da Previdência deve passar sem mudanças em relação ao primeiro turno, já que não cabem mais emendas de mérito.
 
No 2º turno, a PEC também precisa de 49 votos a favor. Se passar, a matéria é promulgada pelo Congresso Nacional.

Compartilhe:

Outras Notícias

Article show big 48461430550a6f90
Article show big bda3c6a011a1977f
Article show big de38ae03eaea20e1