Defensoras Públicas de Sergipe tomam posse na nova Diretoria da ABMCJ

Article show big 48190d601d191933

Em prestigiada solenidade na noite da última sexta-feira (20/7), tomaram posse na nova Diretoria da Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica em Sergipe (ABMCJ-SE), as defensoras públicas, Maria Aparecida Filgueira de Sá e Emília Corrêa Santos, como membros do Conselho Fiscal e Conselho Deliberativo, respectivamente. 

As duas defensoras públicas de Sergipe foram convidadas pela atual presidente da ABMCJ, a juíza de Direito Patrícia Cunha Paz B. de Carvalho, que na ocasião também foi empossada - juntamente com outras mulheres que fazem parte da carreira jurídica como, delegadas, promotoras de justiça do estado, advogadas e promotoras de justiça da União -, para o biênio 2018/ 2020.  

 


A defensora pública empossada na ABMCJ/SE, Maria Aparecida Filgueira de Sá, e o defensor público Raimundo Veiga


O defensor público, Raimundo Veiga, ao lado da defensora pública empossada na ABMCJ/SE, Emília Corrêa Santos

“Sinto-me honrada em contribuir com as ações realizadas pela ABMCJ, uma vez que já atuo na área de violência doméstica há quase 17 anos. Acredito poder me somar ao trabalho desenvolvido pela Associação, cuja presidente é Dra. Patrícia, uma mulher determinada, que vem atuando no tema violência doméstica com maestria”, ressalta a defensora pública, Aparecida Filgueira. “A nossa intenção é fortalecer o movimento, contribuindo em diversas áreas com palestras, ajudando a combater a crescente violência doméstica contra as mulheres”, conclui. 

Para a defensora pública Emília Corrêa, que também é vereadora de Aracaju, a ABMCJ é uma porta aberta para que se possa discutir os temas jurídicos de igualdade de gênero, dos direitos da mulher e um aprofundamento sobre o sistema voltado para a questão social e cultural. “Certamente as mulheres de carreira jurídica estarão mais unidas, levando a praticar a sororidade. Então, a Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica em Sergipe seguramente começa a fazer um grande trabalho nesse sentido, efetivando a própria constituição, legislação e os cuidados e direitos relacionados à mulher brasileira, e no caso aqui a mulher sergipana”, pontua. “Para mim é uma honra compor o Conselho da ABMCJ. Tenho certeza que eu vou crescer junto com as colegas e os temas serão fortalecidos para proteger e engrandecer a mulher”, finaliza. 

A cerimonia de posse aconteceu no Auditório do Tribunal de Justiça de Sergipe e contou com a presença do defensor público, Raimundo Veiga - que representou o defensor geral do Estado, Jesus Jairo Lacerda -, além de familiares das empossadas, amigos e demais autoridades públicas. 

Fonte: Ascom ADPESE

Compartilhe:

Outras Notícias

Article show big 0a6bc248c4942186
Article show big 45673e275be5005d
Article show big 6e986101bfe825c6