Defensoria Pública presta assistência jurídica em ação comemorativa ao Dia da Mulher

Article show big b56e13bfc778cb7c

A Defensoria Pública do Estado de Sergipe, através dos Núcleos Especializados de Defesa da Mulher (Nudem) e de Flagrante Delito e Acompanhamento a Presos Provisórios, participou de ações promovidas pelo Tribunal de Justiça, em parceria com outras instituições, no Presídio Feminino, alusivas à Semana da Justiça pela Paz em Casa e em comemoração ao Dia Internacional da Mulher.

Os defensores públicos, Ermelino Cerqueira e Richesmy Libório, realizaram orientação jurídica sobre violência doméstica, direito de família e avaliaram a situação das internas para adoção de medidas judiciais com base na Decisão do STF.

“A partir da provocação do Tribunal de Justiça, em parceria com outras instituições, a Defensoria Pública, a fim de marcar as comemorações relativas ao Dia da Mulher, promoveu um esforço concentrado de atendimento às internas, seguindo com sua missão constitucional de amparar a grande maioria dos presos no Brasil que, notadamente, não possuem condições de arcar com defesa particular”, pontuou Ermelino Cerqueira.

“Quero parabenizar as mulheres pelo seu dia e reafirmar o compromisso da Defensoria Pública, através do Núcleo da Mulher, na prevenção e no combate à violência doméstica, orientando e acolhendo as mulheres em situação de violência”, destacou a integrante do Nudem, Richesmy Libório.

“O evento busca fazer o acompanhamento mais próximo da situação das mulheres que estão encarceradas, proporcionando um dia de confraternização”, enfatizou a juíza, Iraci Mangueira.

Wilma Santos, 34 anos, aprovou a iniciativa e planeja o futuro. “É muito bom ser atendida pela Defensoria Pública e contar com um dia diferente. Infelizmente estou aqui por causa do meu marido que mexia com drogas e acabei me envolvendo. É a primeira vez que fui presa, mas quando sair daqui irei mudar minha vida completamente para melhor, pois é uma lição que jamais esquecerei ”, disse. 

Para a diretora do Prefem, Andrea Andrade, a parceria com a Defensoria Pública e demais órgãos é positiva. “Essa ação eleva a autoestima e é importante para que elas se sintam mulher e mais fortes para enfrentar as diversidades da vida”, disse.

As internas participaram de oficinas, tiveram um dia de beleza com maquiagem e penteados e ainda se divertiram com o show da cantora Adalgisa.

Fonte: Ascom DP

Compartilhe:

Outras Notícias

Article show big 48461430550a6f90
Article show big bda3c6a011a1977f
Article show big de38ae03eaea20e1