Defensoria Pública realiza atendimento jurídico e psicossocial durante o Governo em Ação

Moradores do Conjunto Bugio e adjacências, em Aracaju, recorreram à Defensoria Pública do Estado durante o Governo em Ação, um mutirão de cidadania realizado no Colégio Estadual Francisco Rosa pelo Governo do Estado
Article show big 5507965fa66576cd

Com o tema “O Governo Itinerante por uma Cultura de Paz”, a ação busca trazer a bandeira da cidadania com foco na prevenção à violência e estímulo ao convívio comunitário.

Foram ofertados serviços de orientação jurídica referente a pensão alimentícia, divórcio, juros de cartão de crédito e empréstimos bancários, retificação de nome, segunda via de certidões de nascimento, casamento e óbito, entre outros.

A auxiliar de serviços gerais, Jucineia Santos Lima, contou que o pai dos seus dois filhos vem atrasando a pensão e não sabe a quem recorrer. “Vim pedir orientação ao defensor público de como devo proceder com relação ao pai dos meus filhos, que vem atrasando a pensão há quase um ano. Ele saiu do emprego, recebeu as contas e não regularizou. Acertei para pagar R$ 200 por mês, mas só me dá faltando e no mês de novembro só recebi R$ 50 para sustentar os meninos. Fiquei satisfeita com as orientações da Defensoria”, agradece.

Já a diarista Noelma Santos precisou tirar a segunda via da certidão de nascimento para tirar a identidade. “Não consegui tirar a segunda via da identidade porque só tem a cópia da Certidão de Nascimento. Agora vou tirar a segunda via da certidão através da Defensoria para depois tirar a identidade”, disse satisfeita.
 
A servidora pública, Claudiney  Evandy Gregório Costa, quer retificar seu nome. “Quando vou a uma consulta médica as atendentes se dirigem a mim como senhor e não senhora. Sou mulher, mas meu nome é masculino, por isso, quero tirar o Y e deixar Claudine por me sentir constrangida e por acharem que sou homem pelo nome”, relata.  
 
A defensora pública e coordenadora da Central de Mediação e Conciliação, Isabelle Peixoto, destacou a participação da Defensoria Pública. “Esses eventos que levam serviços aos bairros mais carentes são de grande importância para a população e a Defensoria por meio do projeto “Defensor Público na sua Comunidade”, que só vem somar e estabelecer essas importantes parcerias, buscando beneficiar os cidadãos carentes de recursos, que é a razão de existir da instituição”, destacou.

Fonte: Ascom DP
 

Compartilhe:

Outras Notícias

Article show big 919195e3efee9de1
Article show big fc9864fc6cd7e6b2
Article show big 182a5839b898a4b9