Defensoria Pública tem 33 práticas inscritas no Prêmio Innovare

Article show big 7ff75076a677c497

Encerrado o prazo de inscrições,  33 práticas da Defensoria Pública foram selecionadas em todos os estados brasileiros para concorrer ao 15º Prêmio Innovare. Ao todo são mais de 600 projetos selecionados em todas as categorias. A categoria com maior número de inscritos (229, no total) foi a Justiça e Cidadania, que é aberta à participação de profissionais de todas as áreas do conhecimento. A ANADEP é uma das parceiras institucionais do prêmio e integra o Conselho Superior do Instituto Innovare, responsável pela definição das principais diretrizes e estratégias da premiação.
 
Veja abaixo o número de inscritos por categoria:
 
Advocacia: 88
 
Defensoria Pública: 33
 
Ministério Público: 144
 
Juiz: 72
 
Tribunal: 88
 
Justiça e Cidadania: 229
 
A próxima etapa é a visita às práticas pelos consultores especializados do Innovare. Desde o dia 7 de maio foi iniciada as visitas a cada um dos selecionados, para um trabalho de verificação e coleta de informações.  São Paulo foi o estado campeão de inscrições, com 73 práticas válidas, enquanto Rio de Janeiro teve 56, Minas Gerais 46, Maranhão 44; Distrito Federal 37; e Rio Grande do Sul e Paraná 33, cada.
 
“Essa fase é um diferencial do Instituto Innovare pois verifica in loco como a prática funciona e isso traz segurança aos jurados, na hora em que formam seu convencimento. O trabalho de visitação dá credibilidade ao Prêmio, porque comprova pessoalmente como cada uma das práticas inscritas está funcionando”, explica a coordenadora do Prêmio, Raquel Khichfy.
 
Somente após à visitação, as práticas são reunidas para apreciação pela Comissão Julgadora, composta por ministros do STF e STJ, desembargadores, promotores, juízes, defensores públicos, advogados e outros profissionais. Os premiados serão conhecidos em dezembro, durante cerimônia no Supremo Tribunal Federal.
 
Sobre o Prêmio
 
Desde 2004 o Prêmio Innovare vem contribuindo para estimular e disseminar práticas que colaboram para aprimorar a Justiça brasileira.  A premiação é mantida pelo Instituto Innovare, uma associação sem fins lucrativos, com a parceria do Ministério da Justiça e Segurança Pública, da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP), da Associação Nacional dos Defensores Públicos (ANADEP), da Associação dos Juízes Federais do Brasil (AJUFE), do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (ANAMATRA), com o apoio do Grupo Globo.
 

Fonte: Ascom ANADEP

Compartilhe:

Outras Notícias

Article show big 919195e3efee9de1
Article show big fc9864fc6cd7e6b2
Article show big 182a5839b898a4b9