Eleições Gerais 2018: ANADEP inicia movimento com presidenciáveis

Article show big 484e659b0fdb2157

A Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos (ANADEP), ao lado das Associações Estaduais, iniciou nesse mês, contato com os candidatos à Presidência da República. As Eleições Gerais 2018 terão seu 1º turno no dia 7 de outubro e o segundo turno está marcado para o dia 28 de outubro.

O principal objetivo do encontro com os presidenciáveis é debater sobre o atual panorama da Defensoria Pública e sobre a efetivação da Emenda Constitucional 80. Para isto, a ANADEP entregará a todos(as) os(as) candidatos(as) o relatório "Apresentando a Defensoria Pública: Retrato de uma Instituição em Desenvolvimento”. Construído de forma objetiva – para uma leitura fácil e dinâmica –, o material traz as principais informações sobre a Instituição, como o número de defensoras e defensores, atendimentos, comarcas, comparativo dos orçamentos das Defensorias dos estados, atuação especializada e outros atendimentos voltados para grupos em situações de vulnerabilidades.

Para a Associação é essencial o diálogo com o Poder Executivo. “Nossa ideia é auxiliar na construção de pautas de proteção dos direitos humanos e da cidadania, bem como solicitar apoio em nossos pleitos para a ampliação, fortalecimento e valorização da Defensoria Pública”, pontua no documento.

O presidente da ANADEP, Antonio Maffezoli, já reuniu-se com o coordenador do Plano de Governo do candidato Geraldo Alckmin (PSDB), Luiz Felipe D’Ávila. Também participaram do encontro, Juliana Saad, da Defensoria de São Paulo, e Rafael Galati, diretor administrativo da APADEP.

 

Fonte: Ascom ANADEP

 

Compartilhe:

Outras Notícias

Article show big 9630e4593c395867
Article show big dfbaff8e0a21a53f
Article show big 82861d46a228e625